Resenha: Construindo um negócio social

construindo-um-negocio-social-yunus-plante-amor

O livro “Construindo um negócio social” escrito por Muhammad Yunus, tem o objetivo de nos explicar o conceito desse tipo de negócio e como ele funciona na prática, a intenção do Yunus é perpetuar a ideia pelo mundo para que assim gere mais impacto para a sociedade.
Assim como causar mudança, qualquer um pode ler esse livro, Yunus segue sua escrita de maneira simples, leve e dando um bom contexto para todos os tipos de leitores, desde aqueles que nunca ouviram falar sobre empreendedorismo social até aqueles que já tem o seu próprio negócio.
O autor nos fala desde o momento da construção da ideia, da concepção do projeto, até o impacto e as leis necessárias para se abrir um negócio social.

Yunus foi o criador do conceito de negócio social no mundo, tudo começou quando ele se cansou de ensinar economia nas faculdades teoricamente, enquanto as mulheres de Bangladesh viviam numa grande desigualdade social, vendo isso, ele emprestou 47 dólares para algumas mulheres para que elas pudessem fazer seu artesanato e pagar os agiotas, foi com esse simples gesto que ele teve a ideia de criar o Grameen Bank, um banco de microcréditos para pessoas menos favorecidas.

Um simples gesto deu início a uma revolução!

O que é importante saber num primeiro momento é que o conceito criado por Yunus, não é o mesmo que algumas outras instituições pregam, a principal diferença é que segundo ele, o negócio social não deve dar retorno financeiro ao investidor além do valor investido, tudo deverá voltar em forma de investimento para a própria empresa, isso faz com que o foco seja a causa e não o lucro que deverá retornar.

Além do que, se o negócio fosse feito com interesse no lucro, numa crise financeira, por exemplo, a primeira coisa que os gestores pensariam em fazer e teria que ser feito é cortar o impacto social causado por aquele setor, quando o objetivo do negócio é a causa em si e não o dinheiro que vai retornar , isso não acontece.

Não podemos pensar em conseguir lucro com pessoas pobres ou ganhar em cima de quem precisa e sim, pensar numa maneira que o retorno em dinheiro volte para a empresa, fazendo crescer e impactando mais a causa para qual o negócio se destina.

Os negócios sociais têm algumas características parecidas com uma empresa privada, por exemplo, a necessidade de gestores; alternativas de como se ter menos custos, principalmente nos primeiros anos de vida do negócio; a possibilidade de ter algum tipo de lucro para fazer com que o negócio social cresça e não menos importante, que os salários dos colaboradores sejam compatíveis ao mercado tradicional para que haja interesse e retorno honesto aos colaboradores contratados.

Como o conceito ainda é muito novo, ele explica como parcerias podem ajudar no negócio e como enquadrar esse tipo de empresa nas leis já existentes, muitos países já estão se preparando para essa tendência, mas tudo ainda é muito incerto.

Pelos cases dados no livro, podemos ver o quanto os projetos podem impactar a comunidade de muitas formas, o projeto Grammen Danone, por exemplo, construiu a fábrica no próprio bairro, colocou as próprias pessoas do bairro para serem protagonistas junto a empresa e também criou uma forma de venda porta-a-porta, em que as mulheres da comunidade vendiam os danones pela comunidade, isso as ajudava também a ter mais voz em suas casas e principalmente, ajudou no objetivo principal do projeto que é levando a nutrição essencial no dia-a-dia das crianças da comunidade por um preço simbolico.

Quando for construir, arquitetar um negócio social, lembre-se de conhecer a cultura e o dia-a-dia das pessoas da região e das pessoas que você quer impactar, muito mais do criar bons negócios, é importante para estar perto para ver a realidade daquele grupo.

O negócio social seria uma boa solução também para ONGs que dependem tanto de doações e com essa necessidade ao invés de usarem o tempo para o impacto social, se cansam e se desdobram para conseguirem sobreviver, é importante frisar que a existência de ações sociais é imprescindível, principalmente em casos de catástrofes ambientais, onde o retorno e a ajuda tem que acontecer de maneira rápida.

Yunus acredita que é bem possível que nas próximas gerações o conceito de negócio social seja aceito e expandido na sociedade, pois é algo necessário, imaginem que ao invés de os pais ensinarem seus filhos a fazerem algo para ganhar dinheiro, vão incentivar a fazer pequenos negócios sociais pra que haja mudança.

Temos a mania de ver um problema, porém não pensar nela como um problema nosso ou deixar no esquecimento, a proposta de Yunus é que pensemos também em como resolver, não precisa ser uma grande solução, basta olhar para um problema e pensar: O que aqui faria sentido para que algo melhorasse?

Assim como aconteceu com o Grameen Bank, ações pequenas podem desencadear grandes ações e principalmente soluções.

Para você montar um negócio social, não precisar bolar uma grande ideia, algo mirabolante, pois o perigo de não dar certo ou de o retorno demorar vai ser maior, e você pode não ficar feliz nesse processo, você pode pensar em coisas pequenas que você tem conhecimento e/ou vontade de ajudar.

A dica é listar coisas que você acredita que deva melhorar no mundo e depois escolher um que você mais quer ajudar e depois, pensar em algo que você poderia fazer como negócio social.

Definindo seu objetivo, é importante não se esquecer dele e ter métricas para calcular o impacto da sua ação na causa em você quer ajudar.
Pode ser que o caminho te faça mudar seu próprio modelo de negócio, isso é normal, o importante é não se esquecer do seu objetivo principal.

Esse tipo de ação é de interesse também do governo que pode trabalhar em conjunto com a sociedade civil para que algo seja resolvido, com o negócio social paramos de deixar a mudança apenas nas mãos do governo.

No atual sistema capitalista, quando há uma crise, seja ela em qualquer setor, na agricultura, financeira e ambiental, os mais pobres são os primeiros a serem afetados, segundo Yunus, temos que aceitar que esse sistema está falido, mas lembremos de que junto com a crise vêm as oportunidades e o surgimento do negócio social é o reflexo da necessidade atual de um sistema multidimensional, onde há a geração de lucro, porém que esse não seja o objetivo principal.

Esta é uma oportunidade incrível de dar voz aos pobres e as pessoas menos favorecidas.

Yunus nos leva a uma reflexão de sermos protagonista dessa construção de uma nova história:

“O que será o mundo daqui a 20 a 50 anos? É fascinante especular. Mas acho que uma questão ainda mais importante é: O que nós queremos que o mundo seja daqui a 20 ou 50 anos? A diferença é altamente significativa. Na primeira formulação, vemo-nos como espectadores passivos do desdobrar dos acontecimentos. Na segunda, somos nós mesmos os criadores ativos de um resultado desejado.
Acho que é a hora de assumirmos a responsabilidade por nosso futuro, em vez de aceitá-lo passivamente. Gastamos um excesso de tempo e talento prevendo o futuro, mas não dedicamos tempo suficiente para imaginar o futuro que gostaríamos de ver.”

Livro “Construindo um negócio social”, de Muhammad Yunus

O livro é essencial para quem quer assumir um papel de protagonista como cidadão, independente se você quer construir mesmo um negócio social ou não, a leitura é importante para você ver um outro lado do mundo que não vemos na mídia tradicional e que é uma nova janela de esperança para quem acredita num mundo melhor.

Para quem quer montar um negócio social, se prepare para uma dose grande de força e incentivo para colocar seus planos em prática.

Texto escrito por Camila Napolitano.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s