Okja, um sinal de amor

Okja é um filme lindo que mostra o amor e o respeito entre dois seres vivos e mostra com uma visão simples (mas não menos difícil) do que a superioridade entre nós pode causar.

O filme nos traz uma visão bem realista e crítica sobre nosso modo de levar a vida, há críticas para todos desde o capitalismo, indústria alimentícia, até de nós como telespectadores desse mundo que muitas vezes se diverte com o sofrimento e que recebe coisas goela abaixo e nem nos perguntamos o porquê estamos dentro dele.

Filmes como Okja são importantes para que chegue à pessoas que não tem nenhuma ligação com a causa animal e que os faça pensar e repensar sobre alimentação, respeito e principalmente sobre imposições.

Nossa vida social é cheia de imposições que são pregadas para nós por outras pessoas e que muitas vezes não questionamos por já ser quase que uma verdade absoluta (o que nunca é).

Sou vegetariana há 6 anos, mas nunca impus nada para quem vive ao meu redor, acho que cada um faz sua escolha e acredita no que deve acreditar, acredito fortemente que cada um tem seu momento, mas o que acho bem importante é que filmes como Okja trazem a realidade à tona e nos dão a opção de escolha, pois nos apresentam uma realidade e a partir dela, escolhemos que tipo de vida queremos seguir.

Eles abrem os olhos das pessoas, começam a ver de uma forma que não viam antes, não que necessariamente, todo mundo que assistir irá mudar seu estilo de vida, longe disso, mas quando se abre os olhos, um mundo novo se abre e você sabe que aquela carne que está no seu prato, não foi trazida por mágica, ela foi uma vida que se perdeu para que ela pudesse estar no seu prato.

Eu vejo uma tendência grande atualmente por desmistificações, de pensar além do que se mostra, acredito que a internet contribui muito com isso, pois está tudo aí, basta você se interessar em procurar e se você tem amizade com uma pessoa que pensa diferente de você, você, com certeza, pode conhecer a visão dela e entender se aquilo faz sentido para você ou não.

Chegou a hora de pensarmos mais, além de só consumir e sobre tudo respeitar todas as formas de vida que temos nesse mundo tão lindo e por favor, não pense em como o outro respeita (ou não) os outros animais e pessoas, pense em você, em suas atitudes e comprometa-se sempre a ser uma pessoa melhor para você, para o outro ser vivo e para o mundo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *