Para elas – Quando foi?

Quando foi a última vez que você esteve num lugar onde realmente queria estar? Quando foi a última vez que você se rodeou de seus livros preferidos, músicas envolventes, chá quente e silêncio oportuno? Quando foi a última vez que você esteve com alguém de corpo e alma, que te viu levantar nua e te encarou como a coisa mais maravilhosa do mundo que és? – Porque você é! E se não te disseram isso ultimamente, digo eu! – Quando foi a última vez que recebeu uma mensagem ou ligação sincera, de alguém que sente a tua falta e te faz sentir amada?

Quando foi a última vez que tu se sentiu deslumbrante?

Quantas vezes você tem aberto mão do teu prazer, do teu trabalho, dos teus hobbies, do teu sono, da tua grandeza…Para investir em projetos que não te trazem felicidade? Quando foi a última vez que você teve um orgasmo – físico e mental? Qual foi o último investimento que fez em si mesma, livre de julgamentos, de amarras, de padrões?

Eu espero que para todas as perguntas, você se lembre do momento da resposta. Que não esteja perdendo sua vida para “ganhar a vida”. Que esteja envolta por boas pessoas, por pessoas de alma gostosa, e pessoas que enxerguem reciprocamente a grandiosidade de tua existência.

Eu desejo que você se livre das relações que te atrasam. Dos trabalhos que te desagradam. Da briga com o espelho – afinal, ele é teu melhor amigo, basta olhar com carinho! Desejo que você se acerte com aquela pessoa querida que andou meio afastada, que você faça as pazes com suas mãos trêmulas, que sua ansiedade seja amenizada, que você abrace mais, beije mais, sinta verdadeiramente.

Desejo que você mude sua vida. Não hoje, ou amanhã… Mas que, dividindo esse breve momento comigo agora, sinta vontade de mudar. Sinta, em cada nervo do seu corpo, uma incontrolável necessidade de viver!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *